Entenda o funcionamento da energia solar residencial

Entenda o funcionamento da energia solar residencial

A energia solar é uma modalidade de geração de energia elétrica cuja importância cresce cada vez mais no mercado. E uma das maiores exigências que cerca esse campo é a energia solar para residências. Esta também é conhecida como energia solar residencial. Para pessoas que buscam economizar na conta de luz e não prejudicar o meio ambiente, essa opção se torna cada vez mais tentadora. No entanto, para tomar a decisão de ter ou não um sistema de energia fotovoltaica para a sua casa, é preciso que, antes, você entenda bem o funcionamento da energia solar residencial. E é sobre isso que vamos falar neste artigo. Continue com a leitura para aprender mais sobre o assunto!

Entenda o funcionamento da energia solar residencial
Acervo Cogera Eneegia

Entenda o funcionamento da energia solar residencial

Para entender como funciona a energia solar residencial, é preciso antes compreender o que conhecemos como “energia solar”. Esse termo é usado para designar o sistema de geração de energia elétrica que converte a luz do sol em eletricidade.

Trata-se, portanto, de uma forma de gerar energia elétrica que se destaca das demais por não se basear em um recurso esgotável. Como, por exemplo, os combustíveis fósseis. Ao invés disso, sua principal fonte é o sol. Fazendo dela uma forma de energia renovável por se basear em um recurso natural que se repõe organicamente.

Outro ponto importante a se ressaltar sobre a energia solar é que ela é uma das formas de geração de energia mais limpas que existem atualmente. Assim, a energia solar permite que a necessidade humana de eletricidade e o equilíbrio da natureza possam coexistir em harmonia. Ao contrário de outros tipos de produção de energia elétrica, que podem ser extremamente prejudiciais para o meio ambiente. Dessa forma, contribuindo para o efeito estufa e o aquecimento global.

Fica claro, então, que essa modalidade de produção de energia elétrica tem muitas vantagens que a destacam das demais. Mas como se dá o seu funcionamento, especialmente em um contexto residencial? A seguir, vamos explicá-lo passo a passo. Confira!

Entenda o funcionamento da energia solar residencial
Fonte: Freepik.

Passo 1: Instalação do painel solar

A energia solar é gerada a partir de um painel fotovoltaico, que captura os raios solares para convertê-los em eletricidade. Esses painéis são compostos por células fotovoltaicas, que realizam o processo de conversão absorvendo fótons que excitam elétrons, gerando a corrente elétrica.

Passo 2: A passagem pelo inversor

Após a conversão realizada pelo painel, a energia vai passar por um equipamento chamado inversor solar. Esse equipamento é o responsável para converter a corrente de contínua para alternada. Ele também equaliza a frequência elétrica com a da residência em questão, para que ela possa ser usada da maneira adequada.

Passo 3: O uso e o acúmulo de energia

Após passar pelo inversor, a energia convertida está pronta para uso. No entanto, muitas vezes a energia gerada não será consumida por inteiro. Isso é uma etapa importante do processo de funcionamento da energia solar residencial, pois é graças a essa produção extra que o sistema se mantém funcionando perfeitamente em horas sem a incidência de raios solares, como durante a noite ou em dias de chuva.

O uso e o acúmulo de energia
Acervo Cogera Energia

Instale um sistema de energia solar na sua casa com a ajuda de uma empresa especializada

Agora que você já sabe como é o funcionamento da energia solar residencial e quais são as suas principais vantagens, é hora de partir para a parte prática e instalar o seu próprio sistema. E a melhor forma de fazer isso é com a ajuda de uma empresa qualificada, como, por exemplo, a Cogera, que está sempre preparada para oferecer serviços tecnológicos de alto nível para os seus clientes. Visite o site e faça um orçamento para saber mais!

close