Tecnologias de aproveitamento da energia solar

Muito se discute acerca da utilização de novas fontes renováveis de energia elétrica. Pelo alto potencial do Brasil em sua produção, destaca-se a energia obtida por meio do sol. Por isso, é importante conhecer as tecnologias de aproveitamento da energia solar. Assim, ela é muito bem aproveitada e utilizada da maneira correta.

Confira as principais tecnologias de aproveitamento da energia solar

Conversão direta da radiação solar em energia elétrica

Através dos efeitos da radiação (luz e calor) sobre determinados materiais, ela pode ser convertida de forma direta em energia elétrica. Os materiais são, em particular, os semicondutores. Entre esses efeitos estão o fotovoltaico e o termoelétrico.

Conheça as tecnologias de aproveitamento da energia solar

Fonte: Freepik

Termoelétrico

O efeito termoelétrico tem como característica o surgimento de uma diferença de potencial. Essa diferença é provocada pela união de dois metais quando estão a uma temperatura mais elevada do que as extremidades dos fios. Esse sistema é muito utilizado na construção de medidores de temperatura. Porém, o uso comercial do efeito termoelétrico para gerar eletricidade tem sido inviável. Isso porque os custos dos materiais são altos e o rendimento obtido é baixo.

Fotovoltaico

O efeito fotovoltaico ocorre através da excitação dos elétrons na presença da luz do sol. O silício é o material mais apropriado para a conversão da radiação solar em energia elétrica. Os materiais usados nessa conversão são habitualmente chamados de células solares ou fotovoltaicas. Essa é uma das tecnologias de aproveitamento da energia solar mais usadas atualmente.

A eficiência de conversão das células fotovoltaicas é medida pela proporção da radiação solar incidente sobre a superfície da célula que é convertida em energia elétrica. Atualmente, as células que são consideradas as melhores mostram um índice de eficiência de 25% (GREEN et al., 2000).

O grande obstáculo para geração de energia elétrica em escala comercial ainda é o custo das instalações dos sistemas. Entretanto, tem sido observado que, nos últimos anos, os valores de capital dessa tecnologia vêm sendo reduzidos.

Formas de usar as tecnologias de aproveitamento da energia solar

Fonte: Freepik

Aproveitamentos térmicos

Coletor solar

A radiação solar pode ser absorvida através de coletores solares. Esse processo é utilizado principalmente para aquecimento de água em temperaturas relativamente baixas (inferiores a 100ºC). A utilização dos coletores solares é mais forte nas residências. Entretanto, há também uma boa procura para edifícios comerciais ou públicos, hospitais, hotéis e outros locais.

Também nomeado como aquecimento solar ativo, o sistema de aproveitamento térmico da energia solar utiliza em seu processo o coletor solar discreto. Para a instalação, os coletores são colocados nos tetos dos edifícios ou das casas.

Por causa da baixa densidade da energia solar que atinge a superfície terrestre, a demanda de apenas uma casa pode exigir a instalação de vários metros quadrados de coletores. E isso apenas para suprir a demanda de água quente. Ainda assim, essa é uma das tecnologias de aproveitamento da energia solar mais utilizada para esse fim.

Concentrador solar

As tecnologias de aproveitamento da energia solar executadas em sistemas que exigem temperaturas mais altas ocorrem através de concentradores solares. O objetivo desse equipamento é captar a radiação solar de uma área parcialmente grande e retê-la em uma área de tamanho menor. Dessa forma, a área menor terá sua temperatura consideravelmente aumentada.

Tecnologias da energia solar: aproveitamentos térmicos

Fonte: Freepik

A superfície refletora dos concentradores possui um formato parabólico ou esférico. Assim, os raios solares que incidem ali são refletidos para uma outra superfície menor chamada de foco. É nessa segunda superfície que estará o material que será aquecido.

Sistemas parabólicos de concentração elevada podem atingir temperaturas bem altas. Além disso, chegam também em índices de eficiência que variam de 14% a 22% de aproveitamento de energia solar incidente. Essa que, por sua vez, pode ser usada para geração de vapor e, por consequência, energia elétrica.

No entanto, por conta da necessidade de focalizar a luz solar em uma pequena área, há um custo adicional no sistema. Esse valor é destinado ao dispositivo de orientação que será utilizado. Em grandes projetos, esse custo pode ser reduzido.

Conhecendo as principais tecnologias de aproveitamento da energia solar, você já pode aproveitar mais dessa fonte renovável. A Cogera possui soluções em energia solar em Cuiabá, Mato Grosso, e em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Entre em contato e faça seu orçamento.

Fonte: aneel.gov.br

Talvez você goste

Leia Mais +04 outubro 2018 Por Cogera Energia em Energia Solar

Geração solar fotovoltaica de energia: veja mais do seu potencial

O Brasil possui um grande potencial para geração solar fotovoltaica de energia. Só para se ter uma noção, no lugar menos ensolarado do nosso país é possível gerar mais eletricidade solar do que no lugar mais ensolarado da Alemanha, que é hoje a grande campeã na produção de energia solar. Por isso, a geração solar
Leia Mais +10 setembro 2018 Por Cogera Energia em Energia Solar

Energia fotovoltaica pelo mundo

A energia solar, aos poucos, está adquirindo seu espaço e se tornando um dos meios de energia renovável mais utilizados em todo canto. Isso explica o porquê da disseminação da energia fotovoltaica pelo mundo. Ela já é aproveitada em diversos países e a Cogera vai revelar algumas curiosidades sobre esse tipo de energia solar que
Leia Mais +29 agosto 2018 Por Cogera Energia em Energia Solar

Energia solar em Campo Grande, Mato Grosso do Sul

A região do Brasil que possui a maior incidência solar é a Centro-Oeste. Por esse motivo, a produção de energia solar em Campo Grande, capital do estado de Mato Grosso do Sul, é totalmente viável e oferece diversos benefícios, tanto para os consumidores quanto para o meio ambiente. Com o aumento constante do preço da
TOPO