Energia solar em Campo Grande, Mato Grosso do Sul

A região do Brasil que possui a maior incidência solar é a Centro-Oeste. Por esse motivo, a produção de energia solar em Campo Grande, capital do estado de Mato Grosso do Sul, é totalmente viável e oferece diversos benefícios, tanto para os consumidores quanto para o meio ambiente.

Com o aumento constante do preço da eletricidade no nosso dia a dia, a busca pela utilização de fontes renováveis de energia se tornou constante. Por conta disso, o mercado da energia solar vem apresentando, nos últimos anos, um grande crescimento.

Os avanços tecnológicos permitem que a principal barreira para investir nesse tipo de energia, que é o alto custo inicial, venha diminuindo. Isso possibilita que o valor da implantação se torne mais acessível, podendo ser aderido por mais pessoas e empresas.

Energia solar em Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Fonte: Freepik

Conheça mais sobre Campo Grande, capital do estado de Mato Grosso do Sul

De acordo com estimativas de 2017 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população média de Campo Grande é de 874.210 habitantes. Reduto histórico de divisionistas entre o sul e o norte, a cidade foi fundada por mineiros que vieram aproveitar os campos de pastagens nativas e as águas límpidas da região dos cerrados.

Todo o planejamento da capital do Mato Grosso do Sul foi feito em uma grande área verde. O projeto era composto por ruas e avenidas largas e vários jardins espalhados entre elas. Campo Grande é uma das cidades mais arborizadas do país e cerca de 96,3% das residências possuem a sombra de um arvoredo.

Na geografia, o município de Campo Grande está localizado próximo à fronteira do Brasil com o Paraguai e a Bolívia. O relevo do estado, de um modo geral, é caracterizado pelo planalto e planície. Suas altitudes médias estão entre 200 e 600m. (Fonte: Wikipedia)

Veja mais sobre a energia solar em Campo Grande

Fonte: Cogera Energia

Clima em Campo Grande (MS)

Segundo a tabela climática publicada pelo Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), o clima predominante na capital sul-mato-grossense é classificado como tropical com estação seca. A amplitude térmica de Campo Grande é um tanto elevada pela influência da continentalidade, já que o município se encontra muito longe do oceano.

A cidade tem temperaturas muito variáveis ao longo do ano com duas estações muito bem definidas. A quente e úmida, no verão, e a menos chuvosa e mais amena, no inverno. (Fonte: Wikipedia)

Mesmo com toda a variação de temperatura existente, investir em energia solar em Campo Grande é uma ótima opção. Isso porque a incidência de raios solares na região Centro-Oeste é bastante alta durante todo o ano.

Energia solar em Campo Grande: saiba mais

Fonte: Freepik

Veja por que investir em energia solar em Campo Grande e em todo o estado de Mato Grosso do Sul

A quantidade de sistemas de energia solar em Campo Grande é uma das maiores do país. A cidade possui um alto potencial energético para utilização de painéis solares. Por conta disso, gera-se também um ótimo custo-benefício com a implantação desses sistemas.

Devido ao constante aumento nas tarifas de energia elétrica, a obtenção de energia por meio do sol torna-se um bom investimento a ser considerado na capital do Mato Grosso do Sul. Um sistema de energia solar, composto por painéis fotovoltaicos, se paga em poucos anos. Para isso, deve ser levado em conta toda a economia que ele proporciona diretamente nas contas de luz. Além disso, a implantação de painéis solares fotovoltaicos valoriza qualquer imóvel e gera uma energia limpa e renovável. Isso porque é um modelo de energia proveniente de uma fonte ilimitada.

Mato Grosso do Sul possui uma alta média anual de insolação diária. Por esse motivo, a utilização desse modelo de energia é cada vez mais frequente no estado, tanto nos grandes centros quanto nas áreas rurais. (Fonte: Agência Nacional de Energia Elétrica - ANEEL)

Veja por que investir em energia solar em Campo Grande

Fonte: Cogera Energia

Projetos implantados de energia solar em Mato Grosso do Sul

Estacionamento também é miniusina de energia solar em Campo Grande

A Chácara Bonança possui um modelo diferente de estacionamento. Os telhados que proporcionam sombra para os carros são, na verdade, placas fotovoltaicas utilizadas para produção de energia solar. O local é considerado como o maior estacionamento desse modelo no estado, tendo uma potência de 97, 20 kWp.

Douglas Veratti, dono do espaço, foi quem teve a ideia para implantação. Ele necessitava de um lugar grande e distante do Centro para instalar os painéis. Com isso, Douglas tinha o intuito de diminuir os valores da conta de energia de outro empreendimento próprio, o Hotel Concorde.

O custo total do sistema foi de R$ 970 mil. O financiamento foi feito pelo Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO). Pelas contas feitas por Douglas, ele conseguirá quitar a dívida em seis anos e meio. Assim, o empresário passará a ter somente economia, uma das principais vantagens da energia solar. (Fonte: Campo Grande News)

Energia solar em Campo Grande é solução sustentável no MS

Fonte: Freepik

Sistema fotovoltaico é inaugurado em escola estadual de Campo Grande

Em abril (2018), o governador do Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), inaugurou o sistema fotovoltaico na Escola Estadual Brasilina Ferraz. Ela fica localizada no Jardim Leblon, em Campo Grande. De acordo com o governo, essa é a primeira escola de Mato Grosso do Sul 100% autossuficiente em energia. Dessa forma, ela torna-se um grande exemplo do potencial da energia solar em Campo Grande.

A implantação dos painéis solares fotovoltaicos na instituição foi um projeto piloto, em andamento desde março. A iniciativa previa uma economia de quase 90% das contas de luz. O objetivo do governo do estado é levar o projeto para outras escolas estaduais. (Fonte: Campo Grande News)

Exemplo de painéis fotovoltaicos implantados pela Cogera

Exemplo de painéis fotovoltaicos implantados pela Cogera

Agricultores familiares são atraídos pela economia com energia solar

Em Mato Grosso do Sul, a energia solar tem atraído a atenção de pequenos produtores rurais. Isso porque, dependendo do consumo de energia do local, a conta de luz pode ser reduzida em mais da metade do valor. Uma fazenda em Ivinhema, a 282 km de Campo Grande, já está utilizando o sistema de placas fotovoltaicas. O local pertence à Maria Salete Dloemer de Oliveira, 67 anos.

O financiamento para implantação das placas foi feito pelo Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). O custo total foi de cerca de R$ 43 mil. Já a elaboração do projeto foi feita pela Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer). Dona Maria Salete possui uma pequena produção leiteira, algumas cabeças de gado e uma plantação de vegetais para consumo próprio. Sua renda é composta pela produção de pães e biscoitos, vendidos em feiras locais.

Na fazenda, a eletricidade é consumida principalmente nas ordenhadeiras, batedeira, máquina de sovar massa e no forno. Sua conta de luz ultrapassava os R$ 200. Entretanto, após a implantação do sistema de energia solar, o valor pago à concessionária foi apenas a taxa mínima mensal. (Fonte: Campo Grande News)

Implantação de sistema de energia solar pela Cogera Implantação de sistema de energia solar pela Cogera

Assim como a alta capacidade para geração de energia solar em Cuiabá, Mato Grosso, Campo Grande também é uma capital que possui ótimo potencial para gerar esse tipo de energia. Isso representa uma grande solução sustentável para região Centro-Oeste do Brasil.

A Cogera é referência em soluções de energia solar em Campo Grande e Cuiabá e possui profissionais qualificados para implantação de sistemas fotovoltaicos.

Talvez você goste

Leia Mais +10 setembro 2018 Por Cogera Energia em Energia Solar

Energia fotovoltaica pelo mundo

A energia solar, aos poucos, está adquirindo seu espaço e se tornando um dos meios de energia renovável mais utilizados em todo canto. Isso explica o porquê da disseminação da energia fotovoltaica pelo mundo. Ela já é aproveitada em diversos países e a Cogera vai revelar algumas curiosidades sobre esse tipo de energia solar que
Leia Mais +23 agosto 2018 Por Cogera Energia em Energia Solar

Tipos de energia solar: saiba mais sobre elas

Energias renováveis têm ganhado bastante espaço por todo o mundo. Entre elas está a energia solar, uma das mais utilizadas. Existem dois tipos de energia solar que servem para diferentes propósitos: energia fotovoltaica e energia térmica. As duas possuem diferentes benefícios ecológicos. Por isso, se apresentam como uma ótima alternativa em relação a outros meios
Leia Mais +23 agosto 2018 Por Cogera Energia em Energia Solar

Energia solar em Cuiabá, Mato Grosso

A busca incansável por energia sustentável tem feito com que algumas capitais brasileiras se sobressaiam em um país farto em recursos naturais. Neste artigo, você entenderá por que o investimento em energia solar em Cuiabá, Mato Grosso, tem sido importante para destacar a cidade como um dos polos de energia limpa. Por conta das secas
TOPO